Shopping Nações plantará 3.300 árvores

Programa de compensação ambiental segue determinações da Cetesb e visa o reflorestamento de uma Área de Preservação Permanente de BauruEntre os primeiros meses do próximo ano, o Shopping Nações será responsável pelo plantio de 3.300 mudas de árvores nativas em Bauru em uma Área de Preservação Permanente (APP) no Jardim Carolina.

A iniciativa faz parte do cumprimento do programa de compensação ambiental definido pela Prefeitura Municipal e Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) em relação às árvores que precisaram ser cortadas no terreno do shopping, entre a avenida Nações Unidas e a rua General Marcondes Salgado. O empreendimento está em obras e tem previsão de inauguração para 2012.Contudo, além de cumprir as determinações legais em termos de preservação do meio ambiente, os investidores do empreendimento fizeram questão de também elaborar um projeto de arborização urbana. Nele está incluído o plantio de mudas ao redor de todo o trecho de intervenção do shopping e também em seu estacionamento.“O projeto de compensação ambiental segue as determinações da lei. Mas além dele, nós fizemos questão de elaborar outro plano, que é o de paisagismo e arborização urbana, para dar mais uma contribuição ao meio ambiente e à qualidade do ar na cidade. Além disso, a arborização deixa o local mais aconchegante e agradável para os consumidores. O plantio de árvores está diretamente relacionado à melhoria da qualidade de vida das pessoas, por isso, o investimento neste quesito foi considerado fundamental pelo Grupo”, diz Marcelo Sabino, do Grupo Vertico, investidor do Shopping Nações. PreservaçãoAs 3.300 mudas nativas que serão plantadas seguindo as determinações do Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental firmado entre o shopping e a Cetesb já têm sua localização definida. Será em um trecho da Área de Preservação Permanente - mata ciliar - do córrego Água Comprida, entre as avenidas Rodrigues Alves e Cruzeiro do Sul, na altura do Jardim Carolina.“O projeto de recuperação prevê o plantio e a manutenção das 3.300 árvores por um período de dois anos. Durante esse período serão adotados todos os tratos culturais necessários, como o replantio de eventuais falhas, capinas, adubações em cobertura, desbrotas, controle de formigas, entre outros cuidados. Será uma contribuição de grande importância para a mata ciliar do município, que vem sofrendo com desmatamentos irregulares”, ressalta o engenheiro florestal Eliel Orioli Pacheco Júnior, responsável pelos projetos de compensação ambiental e arborização urbana do Shopping Nações.De acordo com ele, serão plantadas espécies adequadas ao bioma local e ao nível de encharcamento do solo. Os tratos culturais incluem ainda o controle de insetos e plantas invasoras. Se eventualmente ocorrerem falhas no plantio original, as mudas serão repostas e terão seu crescimento acompanhado pelo mesmo período de dois anos determinado no Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental.

Secretário destaca importância do plantio
O titular da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), Valcirlei Gonçalves da Silva, observa que o plantio das 3.300 mudas de árvores nativas por parte do Shopping Nações será de grande importância para o bioma local e, também, para a preservação do córrego Água Comprida, que atravessa a área urbana de Bauru.“Nós enfrentamos uma situação muito ruim em termos de arborização tanto na área urbana quanto na área rural em Bauru. Por isso, esse projeto de compensação é de grande importância para a cidade. Além disso, o local escolhido para receber essas árvores está dentro do município, ou seja, a compensação ambiental será feita aqui mesmo, e não em outra cidade”, diz.Segundo o secretário, as mudas plantadas no local também irão proteger o córrego. “Com esse plantio feito em área de mata ciliar, evita-se a ocorrência de assoreamento e erosão no córrego. Outra consequência é que a fauna vai se beneficiar também dessas árvores. Ou seja, teremos a vegetação, a água e os animais de uma mesma região sendo beneficiados por esse projeto”.O titular da Semma observa ainda que, além da obrigatoriedade da empresa de cuidar da manutenção das mudas por um período de dois anos após o plantio, essas árvores não poderão ser retiradas de lá futuramente. “O termo assinado garante também que o benefício do plantio será permanente”, finaliza. Showroom atende interessados Para facilitar o contato de empresários e lojistas que poderão se instalar no empreendimento, o Shopping Nações construiu um showroom no terreno onde será inaugurado, em 2012. A localização é na altura da quadra 11 da rua General Marcondes Salgado. Um corretor atende os interessados de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 8h às 13h.No local foi instalado um deck que permite uma visão privilegiada do canteiro de obras, de onde é possível ter maior compreensão da grandeza dos 70 mil metros quadrados de área construída do shopping, sendo 33.182 metros quadrados de área bruta locável (ABL) - ou área de vendas.Está prevista para este mês a instalação da maquete do shopping no showroom, que também contemplará as alterações viárias que serão feitas na região para melhorar a fluidez do trânsito com o início das atividades do empreendimento.“O foco principal do showroom é facilitar o contato de lojistas para fechar negócios, mas ele está aberto a todos que quiserem saber mais sobre o projeto. Quando a maquete estiver instalada, o público poderá visualizar como ficará o shopping e as melhorias que serão feitas ao seu entorno, que vão beneficiar todos os que trafegarem pelas imediações, e não apenas consumidores do local”, diz Márcio Costa, do Grupo Vertico.Entre as obras definidas pelos investidores no local e que beneficiarão a população em geral estão as de drenagem de águas pluviais, que evitarão alagamentos em todo o entorno do shopping durante chuvas fortes, e a transformação em avenida das ruas General Marcondes Salgado e Conde Francisco Matarazzo. Segundo a equipe de engenharia do Shopping Nações, esta alteração viária será fundamental para melhorar o trânsito no local e também nos arredores.

Lojas
Com investimento de R$ 208 milhões, o shopping reunirá uma série de opções ao público da cidade e da região. Está prevista a instalação de 280 lojas, sendo 6 âncoras e 8 megalojas.Com o objetivo de oferecer conforto e praticidade ao consumidor moderno, o empreendimento também terá uma vasta área de alimentação com três restaurantes, choperia e 20 empresas que atenderão o público no sistema de fast food. No estacionamento haverá duas mil vagas para os clientes, sendo a maioria cobertas.A área de lazer que integra o projeto do Shopping Nações se diferencia entre o que já existe na cidade e trará a Bauru o que há de mais moderno em termos de entretenimento para pessoas de todas as idades.

O complexo prevê sete salas de cinema, um centro de lazer e um home center para atender todas as demandas do público consumidor.O objetivo dos empreendedores é de que todas as atividades sejam feitas no local com conforto, opções em lojas de alto nível, diversão para as crianças e a tranquilidade de contar com a segurança de um empreendimento privado.Durante as obras serão gerados 2,5 mil empregos em Bauru. Ao entrar em funcionamento em 2012, o shopping ainda será responsável pela criação de mais 1,5 mil vagas de trabalho diretas e 6 mil indiretas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pedro do Baião e do Cordel é bauruense e está na chamada do Criança Esperança!