CONFERÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DE BAURU, inscrições até dia 15 de maio na Prefeitura

Abertas inscrições para Conferência Municipal de Segurança Pública de Bauru

Grupo contra Violência e Violação de Direitos Humanos pretende estimular a participação da sociedade para ampliar o debate sobre o direito a uma segurança pública cidadã
O Grupo contra Violência e Violação de Direitos Humanos inicia mobilização para divulgar e estimular a participação da sociedade civil na I Conferência Municipal de Segurança Pública de Bauru, que acontece nos dias 21 e 22 de maio, na Instituição Toledo de Ensino (ITE).

Interessados em participar devem realizar a inscrição no balcão de recepção da Prefeitura, na Praça das Cerejeiras, entre os dias 11 e 15 de maio, das 8h30 às 12h00 e das 14h00 às 17h00.

Para o Grupo, a participação de toda a sociedade no debate sobre a política de segurança pública é importante e decisiva para a efetivação de uma política de segurança pública cidadã e democrática.

Apesar das inscrições serem apenas antecipadas e presenciais, o movimento que reúne várias organizações da sociedade civil de Bauru pretende estimular a participação de todos os segmentos, instituições e pessoas interessadas em opinar sobre como deve ser a política de segurança pública na cidade e no estado, ou seja, como devem atuar as polícias, quais as prioridades de investimentos dos governos na segurança pública, comocombater a violência sem promover mais violência, como prevenir criminalidade entre outras questões.

Para a representante do Grupo Contra Violência e Violação dos Direitos Humanos, Marcela Chaddad, o acesso e a participação da população nas discussões e no processo de construção de políticas de segurança pública é um direito. De acordo com a assistente social, não podemos falar de combater a violência sem falar da efetivação e da articulação da segurança pública com as demais políticas públicas nas áreas de educação, saúde, habitação, assistência social, previdência e trabalho.

“A participação da sociedade civil na conferência é um passo fundamental para que possamos construir ações na área de segurança pública que sejam pautadas na cidadania e justiça social”, completa a assistente social.


As Conferências de Segurança Pública estão previstas para acontecer em todo o país. A idéia é que os municípios e estados apresentem propostas de como melhorar a segurança pública e, depois, encaminhem para serem discutidas na I Conferência Nacional de Segurança Pública, que acontece entre 27 e 30 de agosto em Brasília.

Além de discutir e encaminhar propostas, as conferências que acontecem em municípios com mais de 200 mil eleitores e em todos os Estados devem escolher os delegados que devem representar cada uma das regiões e localidades na Conferência Nacional.
Sobre a I Conferência Nacional de Segurança Pública acesse www.conseg.gov.br. Mais informações sobre a Conferência de Segurança Pública em Bauru pelos telefones (14) 3235-1030.

Conheça o Grupo Contra Violência e Violação dos Direitos Humanos
O grupo reúne cidadãos e instituições interessados em discutir e promover uma cultura de respeito as direitos humanos, além de atuar contra a violência e violações de direitos. Entre as organizações que integram o grupo estão as subsedes dos Conselhos Regionais de Psicologia e Serviço Social, Observatório de Educação em Direitos Humanos e Núcleo Pela Tolerância da Unesp, Instituto Acesso Popular, além de representações do movimento de mulheres, do Conselho Municipal da Condição Feminina e colaboradores. Saiba mais no http://gvvdh.blogspot.com/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pedro do Baião e do Cordel é bauruense e está na chamada do Criança Esperança!